Os 10 melhores treinadores de futebol do Mundo

melhores treinadores de futebol do Mundo 03 melhores treinadores de futebol do mundo jose mourinho melhores treinadores de futebol do mundo 2014 melhores treinadores de futebol do Mundo | Os melhores treinadores de futebol do Mundo | Os melhores treinadores de futebol do Mundo
Jose Mourinho ocupa o terceiro lugar da lista dos melhores treinadores de futebol do Mundo

03 – Os melhores treinadores de futebol do Mundo | JOSÉ MOURINHO

Esse português de 49 anos é sem sombra de dúvidas o treinador de futebol mais polêmico do futebol mundial. Chato, encardido, de tratamento bipolar tanto com os jogadores quanto com a imprensa, Mourinho não pensa duas vezes antes de distribuir patadas, cutucões e provocações para todos, sejam eles jogadores, profissionais da imprensa ou mesmo colegas de profissão.

Mas não só de polêmicas vive o nome de Mourinho – ou Mou, como costuma ser “carinhosamente” chamado – mas de títulos. PRINCIPALMENTE títulos. A carreira como treinador de futebol se inciou em 2000, com um bom início de trabalho pelo Benfica mas, após apenas onze jogos, abandonou o cargo por conta de rusgas com a nova diretoria do clube.

Um ano depois, o treinador de futebol foi para o União Leiria, onde conseguiu levar o time ao quinto lugar da Liga Portuguesa, até hoje a melhor posição de toda a história do clube. O bom trabalho chamou a atenção dos grandes clubes do país e, em Janeiro de 2002, o treinador de futebol foi contratado pelo Porto, onde sua carreira de vitórias realmente se iniciou.

Já na temporada seguinte (2002-03) o treinador de futebol conquistou todas as taças que disputou: a Primeira Liga Portuguesa, a Taça de Portugal e a Copa UEFA (atual Liga Europa). O bom trabalho foi coroado na temporada seguinte, com mais um título da Primeira Liga seguido, dessa vez, do título da Champions.

Mourinho não só tornou o clube português novamente temido no cenário europeu, mas criou escola – até hoje qualquer treinador de futebol que assume o time, segue o mesmo estilo de enxergar o futebol como o do português.

Abandonando o time para alçar voos mais altos, Mourinho aceitou convite milionário de Roman Abramovich para dirigir o Chelsea a partir da temporada 2004-05, onde se tornou um dos treinadores de futebol mais bem pago do mundo.

Com o dinheiro do russo, Mourinho levou ao clube inglês alguns dos jogadores de seu antigo time, a dupla de defesa formada pelo zagueiro Ricardo Carvalho e o lateral direito Paulo Ferreira, além de, entre outros, o atacante marfinense Didier Drogba, que viria a se tornar um dos principais nomes de ataque da história do clube.

Sob o comando do português, o time londrino sem grande tradição foi campeão da Premier League por dois anos consecutivos, adicionando dois troféus a uma prateleira em que até então havia somente um único, da temporada 1954-55, inaugurando de vez uma era vitoriosa no clube e colocando-o de vez no cenário dos maiores times da Europa.

Em setembro de 2007, Mourinho abandonou o clube inesperadamente, após uma série de desavenças com o presidente do clube, Roman Abramovich, saindo como um dos treinadores de futebol mais vitoriosos da história do clube.

Após oito meses parado, em junho de 2008 Mourinho fechou contrato com a Internaziole de Milão onde, como sempre, chegou “botando banca” logo de cara. Mas, como sempre, a passagem de três anos pelo clube – até o final da temporada 2009-10, foi mais um sucesso na carreira de treinador de futebol do português, com, entre outros, dois títulos da Serie A e mais uma taça da Champions.

Erroneamente, Mourinho costuma muitas vezes receber a pecha de “retranqueiro”. Mas isso é muito mais uma tentativa dos críticos de diminuir o trabalho do treinador de futebol do que realmente uma característica do treinador. Os times dele são sim “aguerridos”, com marcação sob pressão desde a saída de bola do adversário, mas nem sempre retranqueiros.

Algumas vezes sim, como a Internazionale campeã da Champions, mas isso depende muito mais das características dos jogadores que o treinador de futebol possui, já que, ao contrário do já mencionado, os times do Chelsea e o Real Madrid do treinador de futebol são bem ofensivos, muitas vezes usando de um 4-3-3 com três jogadores de meio habilidosos, como era o caso do Chelsea 2004-05.

E, apesar de todas as polêmicas que o treinador de futebol causa, seja para alimentar o próprio ego, seja para tirar a atenção de um mal resultado ou de problemas no vestiário.

O caso é que Mourinho é o único treinador de futebol hoje que, durante os últimos 10 anos de carreira, onde treinou clubes de países, forças e condições financeiras extremamente distintas, conseguiu ganhar pelo menos um título por ano. E somente isso já o deixa seguro para ocupar o terceiro lugar da lista dos melhores treinadores de futebol do Mundo

Os melhores treinadores de futebol do Mundo | Estatísticas da carreira do treinador:

  • Benfica – 11 jogos, 6 vitórias, 3 empates e 2 derrotas (aproveitamento de 54.55%)
  • União de Leiria – 20 jogos, 11 vitórias, 6 empates e 4 derrotas (aproveitamento de 55%)
  • Porto – 127 jogos, 88 vitórias, 24 empates e 15 derrotas (aproveitamento de 69.29%)
  • Chelsea – 185 jogos, 131 vitórias, 36 empates e 18 derrotas (aproveitamento de 70.81%)
  • Internazionale – 108 jogos, 68 vitórias, 25 empates e 15 derrotas (aproveitamento de 62.96%)
  • Real Madrid – 135 jogos, 101 vitórias, 19 empates e 15 derrotas (aproveitamento de 69.11%)

Os melhores treinadores de futebol do Mundo | Os melhores treinadores de futebol do Mundo