Os 10 melhores treinadores de futebol do Mundo

melhores treinadores de futebol do Mundo 06 melhores treinadores de futebol do mundo Carlo Ancelotti melhores treinadores de futebol do mundo 2014 melhores treinadores de futebol do Mundo | Os melhores treinadores de futebol do Mundo | Os melhores treinadores de futebol do Mundo
Carlo Ancelotti ocupa o sexto lugar da lista dos melhores treinadores de futebol do Mundo

06 – Os melhores treinadores de futebol do Mundo | CARLO ANCELOTTI

Após uma vitoriosa carreira como jogador, onde, jogando por Roma e Milan, ganhou três Campeonatos Italianos, quatro Copas da Itália e duas Champions League, iniciou em 1995 sua carreira de treinador de futebol com apenas 36 anos, comandando a Reggiana e levando-a pela terceira vez na história a disputar a Serie A do italiano, no que foi sua última passagem pela elite do futebol do país.

Mas não foi ele que esteve à frente da equipe nessa volta à elite pois, assim que terminou a temporada com a Reggiana, foi contratado para comandar o Parma, na época com o que ainda seriam duas das maiores estrelas do futebol italiano, o jovem goleiro Gianluigi Buffon e o zagueiro Fabio Cannavaro.

Ancelotti levou o Parma ao vice campeonato italiano na temporada 1995-96, e à quinta colocação na seguinte, garantindo vaga na UEFA Europa League.

Esses bons resultados valeram o convite para dirigir a Juventus em 99, onde teve um início promissor, ganhando a Copa Intertoto sobre o Rennes, mas acabou terminando em segundo lugar do Italiano durante as duas temporadas que comandou o clube. Em 2001, Ancelotti mudou mais uma vez de equipe, indo comandar o Milan, que passava por uma época de jejum de títulos.

Além dessa taça, Ancelotti ainda levou pelo time de Milão a Coppa Italia na temporada 2002-03 e dois títulos da Champions League, o primeiro em 2002-03 e o segundo em 2006-07, ano em que também ganhou o Mundial de Clubes da FIFA, sendo ainda o primeiro treinador de futebol a conseguir esse título por um clube europeu.

Os dois títulos da Champions também foram seguidos de duas Supercopas da UEFA, em 2003 e 2007. Em 2009, Ancelotti rescinde o seu contrato com o Milan e se muda para a Inglaterra, onde iria substituir Guus Hiddink no comando do Chelsea. No clube inglês, Ancelotti tinha a difícil missão de recuperar a estabilidade de um time que ainda se sentia “viúva” de José Mourinho.

Sua primeira temporada com o time foi extremamente proveitosa, onde levou o Community Shield (torneio de pré-temporada entre o campeão da FA Cup e da Premier League), além de levar os títulos da Liga e da Copa Inglesa da temporada 2009-10, fazendo a primeira “dobradinha” da história do time londrino.

Mas, mesmo com contratações milionárias, como a do espanhol Fernando Torres, a temporada seguinte foi de altos e baixos, e o vice-campeonato da Premier League acabou significando a demissão do treinador de futebol.

Após pouco mais de sete meses desempregado, o treinador de futebol acabou sendo contratado pelo Paris St. Germain, numa jogada ousada no clube francês, que demitiu seu treinador de futebol, Antoine Kombouaré, quando o time liderava a Ligue 1.

Pegando o time com o trabalho já em andamento, o treinador de futebol demorou um pouco para conseguir regularidade no comando da equipe, o que acabou fazendo com que o time perdesse a liderança e acabasse na segunda colocação do campeonato.

Mas isso não era problema para os planos da Colony Capital, dona de 95% das ações do clube e que tem por principal objetivo tornar o clube numa das maiores forças da Europa.

E a contratação de Ancelotti foi algo certeiro para isso, pois foi o treinador de futebol italiano que facilitou a concretização das duas principais contratações do time para a temporada 2012-13, o zagueiro Thiago Silva e o atacante Zlatan Ibrahimovic, ambos ex-jogadores do Milan.

O estilo retranqueiro, mas de toque de bola refinado, que abusa do clássico e confiável 4-4-2 e que valeram tantos títulos em tão pouco tempo de carreira, coloca o treinador de futebol italiano no sexto lugar da lista dos melhores treinadores de futebol do Mundo

Os melhores treinadores de futebol do Mundo | Estatísticas da carreira do treinador:

  • Reggiana – 38 jogos, 16 vitórias, 13 empates e 9 derrotas (aproveitamento de 42.11%)
  • Parma – 102 jogos, 48 vitórias, 31 empates e 23 derrotas (aproveitamento de 47.06%)
  • Juventus – 114 jogos, 63 vitórias, 18 empates e 33 derrotas (aproveitamento de 55.26%)
  • Milan – 413 jogos, 234 vitórias, 100 empates e 79 derrotas (aproveitamento de 56.66%)
  • Chelsea – 109 jogos, 67 vitórias, 20 empates e 22 derrotas (aproveitamento de 61.47%)
  • PSG – 38 jogos, 22 vitórias, 10 empates e 6 derrotas (aproveitamento de 57.89%)

Os melhores treinadores de futebol do Mundo | Os melhores treinadores de futebol do Mundo