Os 10 melhores treinadores de futebol do Mundo

Seria muito fácil neste artigos chegar e dizer: Segundo tal órgão os 10 melhores treinadores de futebol do Mundo são. E exibir uma lista bonitinha logo abaixo. Mas não, futebol não é isso pelo menos não para nos do Resenha Gol.

Dizer que um treinador de futebol é melhor que outro, só por que ele conquistou mais pontos no campeonato mais recente é ridículo. Talvez isso seja muito útil num jogo de vídeo game ou sei lá.

Mas na vida real não assim que funciona, quando se analisa a qualidade dos treinadores de futebol deve se levar em conta (no minimo) os times que eles treinaram e se foram capazes de tirar o melhor dos time que treinaram ou não.

Foi através dessa ótica que criamos este artigo. Afim de avaliar e classificar quais são os 10 melhores treinadores de futebol do mundo.

Ah… lembrando que para navegar, basta clicar nos links (números) no fim da página. 🙂

Top10 – Os melhores treinadores de futebol do Mundo

melhores treinadores de futebol do Mundo 10 melhores treinadores de futebol do mundo Jurgen Klopp melhores treinadores de futebol do mundo 2014 melhores treinadores de futebol do Mundo | Os melhores treinadores de futebol do Mundo | Os melhores treinadores de futebol do Mundo
Jurgen Klopp ocupa o décimo lugar da lista dos melhores treinadores de futebol do Mundo

10 – Os melhores treinadores de futebol do Mundo | JURGEN KLOPP

Um dos treinadores de futebol mais jovens dessa lista, Jurgen Klopp começou sua carreira logo que se aposentou do futebol. Tendo jogado toda sua carreira como jogador pelo 1. FSV Mainz 05, da cidade de Mainz.

Foi um jogador mediano, sem muito destaque, que começou a carreira profissional em 1989, como atacante, e, em 1995, migrou para a zaga, posição em que encerrou a carreira em 2001, mesmo ano em que assumiu o posto de treinador de futebol. No time da capital do estado de Renânia-Palatinado, Klopp tem como principal feito ter levado o clube pela primeira vez na história à Bundesliga, a primeira divisão do Campeonato Alemão, e lá permanecer durante duas temporadas.

Com a queda do time na temporada 2006-07 e o não retorno à Bundesliga no ano seguinte, Klopp abandonou o clube para respirar novos ares em uma das maiores cidades do país, Dortmund.

E é no comando do Borussia que o treinador de futebol alcançou o sucesso. Apesar de uma primeira temporada mediana, deixando escapar a vaga na Liga Europa após derrotas nos dois últimos jogos, o time já vinha mostrando uma pegada diferente, fazendo com que a torcida – a maior da Alemanha – começasse a esperar bons frutos do trabalho.

E eles vieram. Já na temporada seguinte, um vaga para a Liga Europa, com o time terminando na quinta colocação do campeonato, mostrava que as coisas começavam a se acertar.

E isso ficou evidente na temporada 2010-11, quando o clube mais uma vez foi campeão da Bundesliga, título que não ganhava desde 96. E a coroação do trabalho veio ainda na temporada seguinte, com o bicampeonato alemão, numa temporada de recordes e quebra de tabus: com os 81 pontos que chegou ao final do campeonato, além dos 47 conseguidos apenas no returno.

Klopp quebrou os recordes de campeão com maior pontuação geral e de time que mais pontuou no segundo turno da Bundesliga. O bicampeonato, além de ser o primeiro do clube desde a temporada 96-96, ainda quebrou um tabu de 14 anos do Bayern de Munique, que desde 96 não perdia dois campeonatos seguidos.

Apesar de não ser o tipo de treinador de futebol intempestivo ou que chama muito a atenção da mídia, Klopp é bastante conhecido pelo público alemão, onde já foi comentarista esportivo ZDF e ganhou até mesmo um prêmio por melhor programa esportivo.

Desde que chegou ao Borussia, é adepto das filosofias do “bom e barato” e “craque se faz em casa”, levando o bicampeonato da Bundesliga com um time bastante jovem, a maior parte vindo das categorias de base do clube, e algumas contratações pouco badaladas.

Dentre os jogadores, revelados ou contratados pelo clube durante a gestão Klopp, que ganharam fama internacional estão Nuri Sahin (atualmente no Liverpool), Shinji Kagawa (hoje no Manchester United), Mario Götze (o “Messi alemão”), Matts Hummels, Sven Bender, Robert Lewandowski, entre tantos outros.

O desenho tático que mais adota é o 4-5-1 moderno, com dois volantes de saem pro jogo, dois alas, um meia de ligação centralizado e um atacante isolado na área mas que, a depender do jogo, pode se tornar uma espécie de 2-4-4, com os laterais fazendo o papel de alas, os alas se tornando pontas e o meia de ligação se aproximando mais da área, se tornando uma espécie de segundo atacante.

E é essa filosofia ofensiva, usando um desenho normalmente defensivo, que fez o Borussia Dortmund despontar como um dos principais clubes europeus dos últimos anos e coloca Jurgen Klopp no décimo lugar da lista dos melhores treinadores de futebol do Mundo.

Os melhores treinadores de futebol do Mundo | Estatísticas da carreira do treinador:

  • Mainz 05 – 257 jogos, 104 vitórias, 73 empates e 80 derrotas (aproveitamento de 40.47%)
  • Borussia Dortmund – 167 jogos, 96 vitórias, 41 empates e 30 derrotas (aproveitamento de 57.49%)

Os melhores treinadores de futebol do Mundo | Os melhores treinadores de futebol do Mundo